A importância dos exames preventivos para o coração - PROLAB - Centro Diagnóstico Cardiológico

Notícias

A importância dos exames preventivos para o coração

Por: admin 06/12/2018 16:22

Embora pareça redundante falar sobre a importância dos exames preventivos para o coração, a verdade é que muitos ainda negligenciam esse cuidado com a saúde. Dentre as inúmeras razões para se realizar a avaliação cardíaca precoce e regularmente, as principais são detectar problemas e evitar a ocorrência ou agravamento de doenças. Para isso, existem diversos tipos de exames que serão solicitados pelo cardiologista de acordo com os sintomas apresentados, o histórico do paciente e outros fatores de risco envolvidos.  Neste artigo, falaremos sobre quando iniciar a avaliação cardiológica e listaremos os principais exames preventivos e a importância de cada um.

 

Avaliação Precoce

Na hora de procurar um médico cardiologista para uma avaliação precoce tanto homens quanto mulheres são negligentes, pois sempre há a ideia de que “com a gente não vai acontecer”. O que muitos não levam em consideração é o fato de que a avaliação cardíaca precoce e repetida com regularidade pode retardar e até mesmo evitar a ocorrência de doenças do coração, principalmente em pessoas com histórico familiar de doenças cardíacas.

Assim, pessoas com fator genético determinante devem iniciar a avaliação em torno dos 30 a 35 anos. Além disso, em famílias com incidências de infartos e derrames cerebrais é preciso estar atento à deposição de gorduras nas artérias, e os marcadores dessa doença devem ser dosados já na adolescência.

 

 

Principais exames preventivos

Há uma série de exames não invasivos para o diagnóstico e prevenção de doenças, e os mais comuns são eletrocardiograma, ecocardiograma, teste ergométrico dentre outros. Além é claro, dos exames laboratoriais importantes para o coração, como valores de referência para colesterol, triglicérides e diabetes. Confira a importância de cada um deles:

  • Eletrocardiograma: Esse exame é realizado com a pessoa em repouso e é tecnicamente muito simples. São utilizados doze eletrodos colocados nas pernas, braços e no tórax, na região do precórdio, os quais captam a atividade elétrica do coração que passa para os tecidos vizinhos e chega até a pele. Toda informação é registrada em um papel e a partir da análise do seu traçado é possível saber se há sequência de batimentos, se o ritmo é normal e se a atividade cardíaca é rápida ou lenta.

 

  • Teste Ergonométrico: é uma espécie de eletrocardiograma, mas enquanto caminha em uma esteira. Essa esteira é acoplada a um computador que registra o desempenho cardíaco durante a execução de um protocolo de atividades (caminhada, corrida, pista ascendente, etc.). Em outras palavras, esse exame serve para avaliar as reservas das coronárias e do músculo cardíaco com o indivíduo em atividade, além do comportamento da pressão arterial e a aptidão física do paciente.

 

  • Ecocardiograma: Esse é exame de ultrassom que fornece informações sobre a estrutura do coração, como por xemplo, o tamanho das câmaras e do músculo, válvulas com defeito, etc. Além disso, pode sugerir uma doença em fase inicial ou até congênita que não se expressou até aquele momento.

 

  • Exames laboratoriais: os exames de colesterol e suas frações, triglicérides e diabetes são importantes para estimar o risco de doença cardíaca. Isso porque pessoas com exames com valores alterados estão mais propensos às doenças do coração. Principalmente em pessoas obesas e com pressão arterial alta.

 

Venha para o Prolab

Agora que você já sabe um pouco sobre a importância da realização de exames cardiológicos preventivos, venha para o Prolab, o centro diagnóstico cardiológico mais completo de Curitiba. Agende o seu check up e avaliação.

Voltar para Notícias