Avaliação para Cirurgia Cardíaca e Vascular - PROLAB - Centro Diagnóstico Cardiológico

Avaliação para Cirurgia Cardíaca e Vascular

Até o fim da Segunda Guerra Mundial, quase ninguém ousava mexer no coração, porém grandes descobertas surgiram a partir daí, como a circulação extracorpórea que permitiu a parada temporária do coração para poder trabalhar dentro dele e onde a manutenção do  fluxo sanguíneo é feita por aparelhos. Isto revolucionou e levou à grande evolução da cirurgia cardíaca, de modo que em 1968 foi realizado o primeiro transplante cardíaco.

Hoje a cirurgia cardíaca apresenta indicações bem definidas que permitem a resolução de vários tipos de problemas que poderiam levar à morte e tem alto grau de segurança, quando comparamos com décadas atrás. Dentre as cirurgias mais realizadas está a revascularização do miocárdio (ponte de safena), onde o cirurgião tenta refazer a circulação de um território do músculo cardíaco que tem sua irrigação sanguínea comprometida por obstrução das artérias do coração. Outras cirurgias comumente realizadas são as que corrigem as válvulas cardíacas acometidas por doenças, como a doença reumática, degenerativa etc.

Nos últimos anos novas tecnologias vem ganhando espaço, como a cirurgia minimamente invasiva que faz com que as intervenções sejam menores e outras que, dependendo das circunstâncias,  permitem que o paciente seja operado sem CEC.

Na avaliação da cirurgia vascular, a grande procura ocorre para o tratamento de varizes, porém outras doenças como o aneurisma da aorta, estenose da artéria renal e obstrução das carótidas, são de maior gravidade e carecem fundamentalmente da abordagem feita pelo cirurgião vascular. Atualmente, inúmeras técnicas vem sendo utilizadas para o tratamento dessas afecções e somente uma análise individualizada pelo especialista, poderá definir a melhor conduta a ser adotada.

 

 

Agendar